O respeito à diversidade no ambiente escolar

O Brasil é um dos países conhecidos pela pluralidade de sua população – que vai desde a variedade de costumes até as diferentes opiniões e visões de mundo. As crianças e adolescentes percebem isso, desde cedo, já na escola, onde convivem com diversas pessoas que não fazem parte do seu círculo familiar.

Esse quadro fica ainda mais complexo quando a convivência ocorre também com crianças que têm dificuldades de aprendizado e algum outro tipo de deficiência. Nesse caso, além das diferenças culturais e comportamentais naturais estão presentes também questões mais sensíveis que precisam ser compreendidas e atendidas de forma mais estruturada e até mesmo com apoio profissional.

Diante de tudo isso, a forma como as crianças compreendem e lidam com essas questões é um fator determinante na formação dos valores individuais e do perfil social de cada um. Quanto mais cedo a criança entender a complexidade da diversidade em que cada pessoa possui uma aptidão própria, mais fácil será a sua adaptação na sociedade e mais segura sua contribuição para que ela seja mais justa e harmoniosa.

Por isso, um dos maiores desafios dos pais e das escolas é saber lidar com essa situação e entender como é possível promover o respeito à diversidade e incluir todos os alunos, sem deixar ninguém para trás.

A valorização e estímulo das habilidades próprias dos alunos requerem do professor um olhar diferenciado não somente para o planejamento, mas para todas as situações que ocorrem em sala de aula. Estar preparado para identificar e trabalhar as diferenças é um pré-requisito importante para os profissionais de educação. 

Metodologia personalizada

No Colégio Paulicéia, trabalhamos o respeito aos vários ritmos e formas de aprendizado, e incentivamos nossos alunos a conviverem com as diferenças, fortalecendo a autoestima de cada um e incentivando-os a enxergarem as qualidades tanto deles quanto dos colegas. Buscamos valorizar o lado positivo de todas as situações, trabalhando a comunicação não-violenta, por meio da psicologia positiva.

Há anos adotamos a metodologia do convívio entre crianças típicas e as com algum grau de deficiência. Além do programa educacional pedagógico, nossos alunos possuem recreio e atividades no mesmo ambiente, fortalecendo a sociabilidade e comunicação entre eles.

Preparando para a vida em sociedade

Mais do que prepará-los para o vestibular, estamos ensinando nossos alunos a viver em sociedade e respeitar as individualidades de cada um. Os maiores beneficiados dessa metodologia são os próprios educandos que estarão preparados para viver num mundo de diversidade e poderão enxergar a realidade antes mesmo de entrarem no mercado de trabalho, por exemplo.

Incentivando o contato entre diferentes realidades, estimulamos de forma espontânea as relações interpessoais. Pais e professores precisam trabalhar juntos, orientando e ensinando as crianças e jovens sobre o respeito e a empatia pelo outro. Essa prática começa dentro do ambiente escolar, por meio da convivência harmoniosa com todos os tipos de diferença. Só assim, estaremos estimulando a diversidade e apoiando as individualidades de cada um.

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe seus comentários

  1. Posting comment as a guest.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Share Your Location