A música como ferramenta pedagógica para crianças deficientes

por Colégio Paulicéia

Está comprovado que a música traz inúmeros benefícios às pessoas. Redução de estresse, auxílio na concentração, estímulo à memória, relaxamento da mente, são apenas alguns exemplos.

Mais do que isso a música (ou a musicalidade), foi classificada como uma das múltiplas inteligências do ser humano, de acordo com o psicólogo norte-americano, Howard Gardner. É por isso que existem tantos indivíduos têm habilidades diferenciadas para tudo que está relacionado ao som.

Ciente da importância da música, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) prevê a interação entre crianças e os mais diferentes sons, movimentos e ritmos logo nos primeiros anos de vida escolar, respeitando as expectativas de aprendizagem de cada faixa etária.

No caso das crianças com deficiência, a educação musical se torna uma ferramenta ainda mais importante por ajudar também no seu desenvolvimento e socialização. Para Vanice Camargo, responsável pelo desenvolvimento artístico dos alunos com dificuldades cognitivas do Colégio Paulicéia, a música torna-se um canal de comunicação e um forte apoio para o lado social e emocional das crianças.

“A música é tudo para elas. Além de ser uma forma de demonstrar suas emoções, é ainda uma realização pessoal, uma forma de se posicionar como uma pessoa capaz, que pode superar seus limites”, afirma. A professora, que atua há 33 anos na área, diz que crianças deficientes podem sentir dificuldade no âmbito escolar, mas se descobrirem ao cantar ou ao tocar um instrumento, o que se transforma em motivação e autoestima.

Por isso, quanto mais cedo os pais puderem identificar a facilidade da criança com a música, melhor conseguirão explorar e desenvolver sua habilidade com ela. Segundo Vanice, o dom da criança pode ser notado facilmente por meio das próprias brincadeiras. “No brincar já é possível perceber a tendência e desenvoltura, como ritmo, dança, cadência, entre outras características que se destacam”, explica.

Não por acaso, aqui no Colégio Paulicéia, trabalhamos bastante com a música junto a todos os nossos alunos, ensinando-os desde cedo uma nova forma de expressão. Por ser uma modalidade de acompanhamento psicopedagógico, entendemos que ela permite o aprimoramento cognitivo de crianças em fase de desenvolvimento.

Aqui a música já faz parte do cotidiano. Tanto que os próprios alunos incentivaram a escola a criar um concurso de música chamado The Voice Pauli. O programa, que já está na terceira edição, foi aceito como uma oportunidade de estimular a coordenação e aptidão dos estudantes, que escolhem o próprio repertório. As apresentações finais são abertas a pais, amigos e familiares e todos recebem um certificado de participação.

No Paulicéia não deixamos de buscar alternativas mais dinâmicas e interativas de ensino para que os programas educacionais se encaixem às necessidades de todos os seus alunos, de forma a não deixar nenhum para trás. E a música, sem dúvida, é uma delas. Com iniciativas como essa, trabalhamos para que todos tenham vez em uma educação para todos!

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe seus comentários

  1. Posting comment as a guest.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Share Your Location